segunda-feira, 14 de junho de 2010

Loft's


"A idéia nasceu em Nova York, entre artistas e intelectuais com conta bancária magra. Por uma pechincha, alugava-se uma fábrica ou galpão abandonado e, sem erguer uma única parede interna, instalava-se ali um loft, tipo de moradia onde todos os ambientes são ajeitados no mesmo espaço amplo, ornado por pé-direito altíssimo, com fios, canos e tijolos aparentes. Ficou tão charmoso que, com a revitalização de bairros deteriorados, o loft virou jeito de morar chique e moderno para jovens profissionais cheios de dinheiro (e de preferência sem filhos)."
Resenha Veja fev/99

"Os arquitetos brasileiros costumam criticar os lofts lançados no país dizendo que a popularização do gênero fez com que os projetos se distanciassem cada vez mais do conceito original. Muitos dúplex encontrados no mercado, por exemplo, embora não sejam nada amplos, são vendidos como lofts só por causa do pé-direito duplo. Em Nova York, onde o sucesso desse modelo de habitação também fez surgir adaptações, já se fala em "lofts-fake" ou "apartamentos loft-inspired"
Resenha Veja SP
 Foto Alfredo online.

O que um loft de verdade tem:
- Pé-direito de, no mínimo, 3,20 metros
- Ausência de paredes como divisões internas
- Ambientes conjugados preferencialmente em um nível só
- Colunas de sustentação aparentes
- Tijolos e tubulações à vista – elétrica, hidráulica e de ar-condicionado
 Ausência de forro e piso. O chão é de cimento
- Uso de materiais frios, como cerâmica
- Iluminação natural garantida por grandes janelas

Via Veja SP

Não é fácil encontrar um armazém ou galpão para ser transformado em um "verdadeiro" loft e muito mais uma área que possa ser habitável aqui no Rio de Janeiro. A maioria não tem boa localização. A liberdade de viver um lugar sem paredes pode não agradar a todos, mas a sensação de viver em um clima nova yorkino em pleno calorão carioca tem crescido nos últimos anos. Os lançamentos imobiliários (mesmo que timidamente) iniciaram a trabalhar esse tipo de empreendimento, mas na verdade usam mais o apelo do duplex ou do apartamento que tem o pé direto duplo e com isso surge um mezanino. Acredito que é valido na falta de um "original" para essa transformação. Os Loft's podem ser pequenos ou majestosos, tudo vai depender do espaço ou de quantas paredes pode-se derrubar, e é muito comum transformar apartamentos em loft's.

O Loft de Gerard Butler
Mais Loft's

Outras novidades todos os dias no Facebook e no Instagram.
E muitas outras idéias no Pinterest!
No SnapChat é blogarqteturas
Passa lá!
 

5 comentários:

  1. Olá Ana! Sou arquiteta em BH e moro em um Loft, que é a minha primeira casinha. Convido vc a ir em meu blog www.casadazi.blogspot.com, onde eu relato a montagem de meus espaços, minhas histórias e minhas memórias.
    beijos Zí

    ResponderExcluir
  2. Fala Ana !!!!
    Parabéns a você pelo seu blog.
    Ahh se eu ganhar na mega-sena ... Você será minha personal-arquiteta !!
    Abraço procê

    ResponderExcluir
  3. Zi
    Que delicia! Adoraria viver em um!
    Passo sim!

    Dênio
    Obrigada pela preferencia : )

    Super obrigada pela visita de vcs!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a postagem, sou apaixonada por lofts, quem sabe um dia eu more em um.

    Bjs.

    Aline.

    ResponderExcluir
  5. Aline
    Eu também :)
    Obrigada pela visita
    Bjo

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por sua visita e comentário.
Sempre respondo no post.

Ana Carla Araujo
arqteturas@gmail.com


Obs.:
- Todos os comentários moderados;
- Se quiser deixar sua URL/site/blog comente usando opção OpenID;