quinta-feira, 3 de maio de 2012

Rústico e aconhegante





Materiais simples, reutilizados, alguns encontrados no próprio terreno ou adquiridos em lojas de material de demolição. É assim que podemos compor um ambiente mais rústico, temos a ideia de que sempre precisamos ter móveis pesados e escuros, tudo que é rústico está muito ligado ao local de origem e sempre remete ao passado e "antigo" e esse estilo existe e encontramos com mais frequência em fazendas. Para quem gosta mas não quer ter uma mini fazenda dentro de casa o ideal é misturar materiais. Podemos escolher o piso ou a parede para ser a atração principal e como nos exemplos, utilizar tijolinhos, cerâmicas do tipo Brennand e compor com móveis de linha reta e clara, pincelar com cor nos detalhes como tapetes, sofá, poltronas, almofadas e objetos. O uso da madeira é primordial para compor tudo isso e usar a intuição é muito importante, sempre comento que precisamos organizar o ambiente e dar alguns passos para trás e se tudo parecer harmonioso, pare e fique pelo menos uma semana com esse espaço "decorado", com o passar dos dias alguns detalhes vão chamar mais a atenção e você saberá se está faltando ou se precisa retirar algo.

2 comentários:

  1. os ambientes ficaram espetaculares.
    O rústico, ao contrário que todo mundo pensa, apesar de trabalhar com muita madeira, como bem diz a reportagem, mesclando com elementos claros,fica leve e harmônico. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Rústico, aconchegante e CHIQUÉRRIMO!!!
    Não precisa ostentar pra ser chique!
    Saudades de passar por aqui.
    Bjksss

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por sua visita e comentário.
Sempre respondo no post.

Ana Carla Araujo
arqteturas@gmail.com


Obs.:
- Todos os comentários moderados;
- Se quiser deixar sua URL/site/blog comente usando opção OpenID;